A apresentar mensagens correspondentes à consulta quarto ordenadas por relevância. Ordenar por data Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 14 de abril de 2015

CORES NO QUARTO

As Cores num quarto devem promover o bom descanso:
- Quando se utiliza a cor num quarto, não se deve ir só pela tendência da moda
- Quarto de casal: rosa, creme, apontamentos de vermelho, 
- Quarto de bebé: cores suaves com tonalidades de azul claro,
- Quarto de jovens: não utilizar o azul.
- Os quartos devem transmitir uma energia propicia a um sono descansado, mas que também não faça que a pessoa durma demais, aí as cores têm também um papel importante. 

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

SABER VALORIZAR




Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.

De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Porquê?" Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.

Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.

Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.

No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.

Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.


Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possível. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para preparar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.


Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.


Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a ideia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio", disse Jane em tom de gozação.


Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio" Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ónibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.


No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito,eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha

envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela.

Por uns segundos,cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.


No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior como corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.


No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.


Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.


A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.


Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse "Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mão todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de ideia agora que estava tão perto do meu objetivo.

Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.


Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas.Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras:"Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo".


Eu não consegui dirigir para o trabalho... fui até o meu novo futuro endereço,saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia... Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe Jane. Eu não quero mais me divorciar".


Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe,Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.


A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouvi-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.


Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um boquê de rosas para minha esposa. A empregada me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe".


Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama, morta.

Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.


Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!


Se você não dividir isso com alguém, nada vai te acontecer.


Mas se escolher compartilhar para alguém, talvez salve um casamento. Muitos fracassados na vida são pessoas que não perceberam que estavam tão perto do sucesso e preferiram desistir...


Valorize quem realmente te ama ... Pense nisso ... !!

SABER VALORIZAR é para tudo na vida.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

CANDEEIROS DE TETO NO QUARTO

Os Candeeiros num quarto devem promover o bom descanso:
- Colocar candeeiros leves, as bolas de papel são muito bem vindas.
- Colocar os candeeiros de teto, sempre que possível,de forma a que não fiquem por cima da cama, 
- Colocar candeeiros que não tenham bicos,
- Colocar candeeiros proporcionais ao quarto de forma a manter o quarto equilibrado,
- Colocar luminosidade no quarto suave.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

CAMA NO QUARTO DE CASAL

As Camas num quarto devem promover o bom descanso:
- Quando se utiliza duas camas num quarto de casal, mesmo que unidas, promove a separação do casal
- Quarto de casal: deve ter uma única cama, 
- A cama do casal não deve ter divisórias.
- A cama de casal deve ter um único estrado.
- A cama do casal deve ter uma única cabeceira.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

A TESOURA E A AGULHA

Havia uma jovem, que desde pequena aprendeu a arte da costura, lidando com tecidos, tesouras, agulhas e linhas. A sua mãe era uma exímia costureira, sustentava toda a família com esse trabalho.
Um dia essa jovem casou com um frio empresário que gastava toda a as energias com os negócios e dava muita importância ao que ela nem sempre julgava essencial.
Acostumou-se durante muito tempo a ver o marido cortar os passeios e as refeições com os filhos por um almoço de negócios, a certa altura, já não aguentava ouvir o marido falar em cortes e mudanças precipitadas. Isto sem falar nas inúmeras vezes que foi cortada ao tentar argumentar, discutir os problemas do cotidiano.
Numa rara noite em que todos estavam em casa, a filha mais nova começou a implicar com o irmão. O pai, sempre ocupado, não suportava o barulho e sem querer ouvir ou entender a situação mandou as duas crianças para o quarto, sem conversa. A mulher simplesmente pegou sua caixinha de costura com alguns retalhos e chamou o marido:
– Agora não!
– Agora sim, querido!
O homem percebeu que era sério e não tinha escolha, sentou-se e ficou olhar os retalhos, a agulha, a tesoura, carretos de linha sem nada compreender.
– Meu bem, para que serve a tesoura? – Perguntou brandamente a mulher.
– Para cortar, aparar…
– E a agulha?
– Para costurar!
– Tu consegues fazer uma colcha de retalhos só a cortar ?
– Na verdade não faria de jeito nenhum – não sei costurar, lembras-te?
– Não estou a brincar! Tu já viste ou soubeste de alguma costureira que costura sem linha e agulha, só com tesoura?
– Claro que não, meu amor.
– A minha mãe disse-me um dia, quando meu pai nos deixou, que nossa família era como uma colcha de retalhos. Cada um de nós era um retalho colorido. Para que nossa colcha ficasse sempre bonita precisaríamos usar a agulha e as linhas.
– E daí?
– Daí que tu só sabes usar a tesoura. Cortas os nossos momentos de lazer, cortas a minha palavra, cortas o diálogo com as crianças. Tu só separas, separas…
– Eu?
– Sim. Aprende a unir nossa família. Aprende a unir o teu trabalho à nossa família, unir os teus amigos aos meus. Qualquer dia tu perceberás o quanto nos cortaste da tua vida e talvez seja tarde de mais.
O marido na
da disse, sinal de que ia pensar, refletir. Mudanças precisam de tempo.
– Não vou mais falar sobre isto, só quero que tu penses, está entendido? Estou no quarto das crianças. Vou costurá-las porque não quero dois retalhos tão importantes da minha vida separados. Boa noite!
– Boa noite.
Depois de meia hora o marido entrou no quarto em que brincavam as crianças, enquanto a mulher costurava uma bonita colcha de retalhos.
A cena enterneceu o homem, que o fez juntar-se aos três. Abraçou-os e os levou-os para jantar!
Fonte: Recebido por Email.
Fonte pesquisada: Livro Histórias que Motivam – Autor: Assis Almeida

segunda-feira, 5 de junho de 2017

ESTRELAS VOADORAS PARA O MÊS DE JUNHO


Em cada um dos 9 quadriláteros irá encontrar 2 números. O número no canto superior esquerdo que indica a estrela anual e o número no canto inferior direito que indica a estrela mensal. 
Use uma bússola, confiável, para determinar as direções ou locais.
Após ter as direções consulte o gráfico acima das estrelas voadoras para a previsão mensal. Se a sua porta da frente (aquela que todos usam) está localizada no setor sul, saiba que a energia aí existente irá afetar todos os residentes durante este mês em particular. Além disso, se o quarto que ocupa estiver localizado, por exemplo, no setor norte, então irá experimentará o tipo de sorte indicado pelas estrelas que o visitam.

Apresentamos abaixo o estudo das estrelas voadoras a partir de 6 de junho até 6 de julho de 2017


Palácio sudoeste coordenada 7/1
Este mês, este palácio trás prosperidade e boa sorte na carreira profissional, apesar da forte concorrência, por isso deve-se dedicar muito para se destacar dos outros, coloque uma bandeira de vitória para o proteger  e ajudar a triunfar perante a concorrência.
Tenha cuidado ao manusear facas e utensílios afiados para evitar qualquer acidente.
Cura: É importante colocar uma fonte de água para fortalecer a prosperidade, uma imagem de Kwang Kong em dourado para vencer qualquer competição. Coloque uma Tartaruga Dragão em sua mesa de trabalho ou secretária para triunfar, bem como para ter sorte na carreira profissional e na riqueza.
Tartaruga-Dragão
Kwang Kong

fonte
Palácio  Este coordenada 8/2
Apesar de a estrela 2 visitar este palácio, neste mês, a estrela 2 com a estrela anual 8 somam 10 e trás riqueza e prosperidade para quem se encontra neste setor.
Se a sua entrada principal, quarto ou sala de estar está localizada neste setor, vai desfrutar de uma sorte excecional. Passe mais tempo e tenha mais atividades nesta área.
Será um bom mês para valorizar e adquirir propriedades, contudo existe a possibilidade de alguns problemas de saúde, por isso seja cuidadoso. 
Curas: Colocar um par de Caes Phu, um cofre de prosperidade, uma árvore da vida com pássaros para atrair mais oportunidades de acumulação de propriedades e ativos. Para a situação da saúde proteja-se com uma Wu Lou ao lado de sua cama e ande com amuletos protetores, para manter as energias à distância.

Cães Phu

cofre da prosperidade



árvore da vida com pássaros
Wu Lou


















Palácio Sudeste coordenada  9/3
Será um mês tenso e dificultoso para quem frequenta este palácio pois irá passar por sérias dificuldades causadas por desentendimentos e discussões, que poderá levar a processos judiciais. É importante manter esta zona tranquila e retirar as plantas deste lugar.
Curas: Colocar um par de aves fénix assim como os 3 guardiões celestiais, uma bola de cristal vermelha e traga sempre consigo o símbolo do double hapiness com o nó místico para melhorar os relacionamentos e  a harmonia.


par de aves fénix

3 guardiões clestiais
bola de cristal vermelha
double happiness com nó mistico















Palácio do Centro coordenada 1/4
Este mês é excelente para os estudantes, escritores e tudo o que tenha a ver com literatura, arte e criatividade, pois há uma excelente sorte literária e criativa trazida com a visita da estrela 4.
A energia neste setor é muito favorável para o romance e os relacionamentos.
É um bom mês para desenvolver o seu trabalho e ser promovido.
Curas: Tente estudar ou trabalhar neste setor e coloque um cristal de citrino ou amarelo na secretária. Se procura o amor coloque um cristal vermelho em forma de coração ou um par de patos mandarins, pois irá aumentar a sua sorte no romance e melhorar os seus relacionamentos. 
cristal de citrino
cristal vermelho em forma de coração
patos mandarins

Palácio Noroeste coordenada  2/5
Durante todo este mês, existe um alto risco de enfermidades graves e desastres. É muito importante não passar muito tempo neste setor. A estrela 5 junta forças com a estrela 2 para criar estragos que podem-se manifestar sobre a forma de doenças, desastres, problemas financeiros e todos os tipos de obstáculos. Os ocupantes poderão repentinamente desenvolver doenças graves, especialmente para aqueles que aqui passam muito tempo.
Curas: Não tenha neste setor atividades barulhentas nem tenha luzes brilhantes, pois podem alimentar o Chi negativo. Use metal para enfraquecer o excesso de energia da terra. Use jóias de ouro ou prata. O pagode de 5 elementos, bem a wu lou de metal são excelentes curas para combater o 5 amarelo e a energia da doença. Use amuletos protetores. Coloque uma quadro de garças.
pagode de 5 elementos


wu-lou
quadro de garças em metal

Palácio Oeste coordenada 3/6
Este palácio este mês encontra-se sobre a influência de uma energia muito auspiciosa, já que a boa sorte e a prosperidade o visitam, com a estrela 6 que trás as bênçãos dos Céus. Os ocupantes gozam de boa sorte especulativa e é possível um inesperado sorte no jogo. Aumente a sorte do céu exibindo 6 moedas douradas. No entanto, apresenta alguns conflitos que causam certas perturbações na saúde que se poderão tornar muito sérias. 
Curas: Neutralize a energia persistente da estrela anual com 6 bolas de cristal citrino e proteja-se com o amuleto Wu Lou dourado.
6 "bolas" de cristal de citrino
wu lou amuleto


















Palácio Nordeste coordenada 4/7
Existe um alto risco para perdas e roubos com violência assim como problemas legais para os que utilizam este setor, procure não frequentar lugares perigosos e verificar muito bem os documentos que assinar este mês. Também é um mês não benéfico para os romances, atrai a infidelidade ou ser enganado(a) por o sexo oposto.
Curas: Colocar um par de jarrões azuis com rinoceronte e elefante e a deusa Kuan Yin sobre um elefante. 
jarrões azuis com rinoceronte e elefante
Deusa Kuan Yin sobre elefante






















Palácio Sul coordenada 5/8
A estrela da prosperidade mensal trás consigo a prosperidade a brilhar trazendo sucesso financeiro, fortuna e sorte com o dinheiro, mas também  riscos de perda e de doença, principalmente para os idosos
Curas: Colocar um sapo de 3 patas dourado e um pagode dourado com o sutra do coração, a figura do 8.


sapo de 3 patas dourado

oito
pagode com sutra do coração


Palácio norte coordenada 6/9
Haverá boa sorte no que se refere ao aspeto económico e na riqueza em geral, para trazer alegria e ganhos para os residentes, apesar de existir a possibilidade de dificuldades e divergências entre adultos e jovens.
Este setor também deve ficar em silencio e com atividades mínimas.
Se a sua porta principal se encontra nesta área, corre o risco de problemas de saúde. 
Curas: Colocar o Deus da Riqueza sobre um Tigre, para trazer sorte e o nó místico e seis bolas de cristal lisas para restaurar a paz e a harmonia no setor. 
deus da riqueza sentado num tigre


nó mistico
6 bolas de cristal